Rádio Barreto FM – A Sua Rádio no FM e agora na Web  | (84) 3637-0030 | radiobarretofm@bol.com.br

menu x
menu x

NOTÍCIAS

Praias de Natal recebem nesta quinta-feira ação para combater ratos

O combate aos ratos na orla urbana de Natal será retomado nesta quinta-feira, 10, pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Várias praias da capital potiguar registraram alta proliferação de roedores nos últimos dias.

O primeiro ponto de mitigação das ratazanas será em Ponta Negra, na zona Sul da cidade, onde vídeos de animais circulando pelo calçadão foram compartilhados nas redes sociais.

A previsão é de que o trabalho se estenda ao longo dos próximos 45 dias. A operação contra os invasores da orla urbana vai se estender até a praia da Redinha, na zona Norte.

O combate aos ratos foi retomada mesmo com a greve dos agentes de endemias de Natal. A categoria paralisou as atividades no dia 19 de outubro do ano passado. Segundo o diretor do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Natal, Alessandre Medeiros, cerca de 50 agentes de endemias irão trabalhar nas ações de combate aos ratos.

“O animal aparece na praia porque algo o atrai, pois há comida e abrigo no local. Se não se mitigar as ações que favorecem o aumento dos animais, como o lixo descartado de forma irregular nas praias, o problema vai continuar acontecendo. A população também é culpada pelo aumento dos roedores”, relata Alessandre Medeiros .

A nova ação será iniciada logo pela manhã, com a Companhia de Limpeza Urbana de Natal (Urbana), que fará a retirada do lixo das áreas de enrocamento da praia. Logo em seguida, os agentes de endemias iniciam a “iscagem”. O trabalho consiste na aplicação de material raticida e retirada dos roedores mortos.

“Como a população dos animais ainda é alta, a ação será repetida duas vezes. Vamos fazer a ‘reiscagem’, que é verificação se os ratos comeram as iscas”, detalha Alessandre Medeiros. Os ratos são roedores capazes de gerar prejuízos à saúde humana. A preocupação do Centro de Zoonoses de Natal é uma questão de saúde pública. Os animais podem transmitir doenças como leptospirose, peste, tifo, hantaviroses, entre outras doenças.

PUBLICIDADE

CR Gás e Água
shares